Conteúdos

 

 

 

 

 

 

Home > Conteúdos

Simpatia ou Empatia?
14/11/2018

por: Afonso Bazolli / Liane Sanerip          em: Gestão        fonte: LinkedIn

Embora as duas palavras remetam ao mesmo pensamento agradável e harmonioso, as duas possuem sentidos diferentes, mas que geralmente são confundidos.

A Simpatia é uma conquista, uma atração que é realizada através de ações de cortesia, educação, atenção, muito valorizada em todos os setores da sociedade, mas muito escassa em muitos deles.

Quem não se encanta com um atendimento prestativo, que além de resolver algo que você precisa que seja resolvido, ainda venha acompanhado de um tom de voz agradável, semblante sorridente, atencioso? Essa é a eterna busca de empresas e pessoas, que desejam ser recebidas com essa simpatia nas relações mais cotidianas e muitas vezes mais simples como; ser atendido em uma loja, numa ligação telefônica, ao pedir informação, ao contratar um serviço, comprar um produto.

Já a empatia é saber se colocar no lugar do outro, é a capacidade de compreender emocionalmente o outro, característica que necessita de um pouco mais de envolvimento e contato para ser exercida, mas que uma vez demonstrada será marcada e lembrada para sempre.

As relações humanas que conseguem enxergar essas duas preciosas palavras, tendem a ter maior sucesso ao empregá-las, se é assim, porque não vemos isso na prática? A verdade é que o indivíduo que se atenta e busca empregá-las, fará isso de forma cotidiana, ou seja, vira hábito, ao passo que o indivíduo que não muda seus hábitos, dificilmente fará com naturalidade, vontade ou até mesmo não fará.

Qualquer produto ou serviço de qualidade, teve seu tempo e esforço para chegar a um bom resultado, assim também acontece conosco, tudo aquilo que fazemos, precisa ser avaliado, revisto para que hábitos sejam colocados em prática e melhorados. A boa notícia é que um hábito leva em torno de 20 a 80 dias, uma média de 66 dias para se tornar um hábito natural.

Seja você alguém que faça por conta própria ou uma empresa que busque esse resultado em seus funcionários, é possível investir nisso, desde que haja o interesse.

Pessoas que empregam a simpatia e empatia no cotidiano, tendem a ter melhores resultados em vendas, fecham os melhores negócios, conseguem melhores posições, são empresas e pessoas mais lembradas e melhor avaliadas. Pense em como pode melhorar nessas duas características, elas podem mudar de maneira impactante sua vida.

 

Acessos ao site: 924956